18 junho, 2016

(...)

            



      Eu me vejo amadurecer. Floresço a cada nascer...



16 abril, 2016

NEWS!





 Primeira experiência de vídeo CANTADO do KOSMODELIC
Trecho da música "De: Terra; Para: Humanidade"
do maravilhoso Tom Zé
Enjoy!

...

07 abril, 2016

PLENITUDE



video


07 março, 2016

Germinação Poética


E eu, eu seguirei vivendo
Porque tu sabes, amor, que não sou uma mulher
mas todas as mulheres.
Sou todos os fetiches e os desejos
Tenho meus pés e o de todas as outras
Pois tenho o impulso selvagem de passar por todas as estradas,
Todos os caminhos já passados, e claro, 
Com os meus pés passar pelo novo, com minhas mãos,
minha boca, explorar os lugares mais virgens e intocáveis
As gargantas, as fendas, as cavernas úmidas e quentes desses mundos
Percorrer as terras, os corpos, as belezas de tom celestial, os picos inexploráveis
rochosos e áridos dessa terra austera e fértil.
Os ramos, as frutas, o verde, o cinza, a água, o vento
Os rios, os risos, a marola, a brisa
Quero que o mundo continue a girar
A cada passo que eu der, a girar
Pois eu seguirei vivendo
Seguirei dançando
Se choro, perdoo ou morro
Seguirei vivendo
E a chegada ainda que desconhecida
Me excita, inesperadamente me rubra a face
Me rega de combustível as veias do desejo 
dessa busca, dessa fome
Porque tu sabes, meu amor, eu não sou uma mulher
Eu sou todas elas.

...

02 fevereiro, 2016

Batida das Cores



Vem do Azul do céu
Do Verde-Água do mar
Do dom Branco Divino de curar
Das cores primárias
E dos sabores secundários que a vida dá
As cores podem te curar
E vive mais quem sorri ao ver um pássaro voar
Do Amarelo quente que faz sua vida brilhar
Da doçura do Violeta que te permite sonhar
Iluminar
Respeitar a paixão do sangue vermelho
Da força que corre na veia da terra
Terra vermelha
De Olívia à Turquesa
As cores podem te curar
Vem do Laranja de um pôr do sol
O dom que te faz amar
O dom de curar
Com o Arco Íris, vem a verdade
Do dom claro, a leveza de nunca machucar
Os aromas das cores
Das flores podem iluminar
Da coloração da vida saber celebrar
Respeite as cores que a natureza te dá
Pois só ela é a única que pode te curar!
Se permita curar, deixe iluminar!
Axé!
Saravá!
Iriê!


<>

Âmago




É como se não pudesse ouvir mais nada desse mundo
Minha carne treme e esquenta toda vez que tento
A cada passo em desequilíbrio  
Uma aterradora sensação de pavor
Uma sombra negra em minh'alma
Que grita, grita como só eu sei
Algo em mim, algo vivo dentro de mim
Algo sombrio, algo medonho
Que luta contra meu mais sincero lado leve e claro
Que também vive em mim e que tem força
De extrema calma e serenidade, com brilho próprio
Um lado pacífico que ilumina e alegra
Um bom lado para se viver
Um bom lado para estar
O duelo de duas forças
Dois guerreiros, que no fundo
Sobrevivem do fluxo da força um do outro
Se mesclam, se completam
Guerreiros
Amantes

...

25 agosto, 2015

Saudade do Mar




Saudade...
Saudade daquela paisagem fria da montanha
Daquela que desaguava em mar...
Alma além mar, vem me lembrar de amar
Que saudade, que saudade
Daquela saudade traiçoeira
Que guarda o mundo em mim

...

11 agosto, 2015

"Repência"

NÃO SOU TEU ESPELHO!

Sim, liberdade é um sentimento que te trai
Liberdade é não ter medo, já ouvi dizer
Se cada um pudesse se expressar sem se adequar ao meio
Me tira o sossego pensar que vou há um lugar para encontrar paz
Com as pessoas que ao meu entender parecem ser as mais tranquilas
As mais livres de pensamento, que não vivem de acordo com a ordem social
Me tira o sossega saber que é tudo "bullshit"
Elas estão embutidas de julgamentos tanto quanto o resto da sociedade
E te julgam, sim! Te julgam dos pés a alma...
Por que ? Me diz? Qual o problema de não querer dançar a dois ?
"Mas você tem um molejo tão bom", "você não sabe dançar"
Mas eu te pergunto, o que é dança pra você ? É necessário fazer aulas, pé de valsa?
Pra mim é uma das formas mais bonitas e profundas de libertação e expressão, 
E você com lirismo e ideologia barata, quer me mudar ? ou melhor, vem me julgar ?
O conceito de dança PARA MIM é pessoal, mas não leve pro pessoal, agarradinho só na cama.
Qual o problema em ouvir uma música em silêncio e de olhos fechados ? 
E daí se for um batuque incontrolável e nem mesmo os animais conseguirem ficar calados e quietos ?
Eu fico se eu quiser, e gosto, e daí ? 
Quanto maior sua insistência, maior será o meu recuo.
"Mas você tem uma voz tão bonita"
- Que vá para puta que pariu a minha voz, MINHA VOZ!!!!!
O meu desejo supostamente não conta ?
Qual o problema ? 
Não é você que toma frente do movimento a favor daqueles que se expressam?
Sossego... 
Sossego é um ruído inaudível, que ficou na lembrança do que nunca existiu
Tudo que não consigo ter nessa cidade, neste modelo
Tudo que não encontrei em nenhum "louco beleza"
Quer dizer... Resta alguns, outros morreram aos 27 anos.
Qual o problema em não querer transar com você?
Qual o problema em não querer conversar com você?
E não me venha com essa justificativa de louco
Com esse teu discurso oco
Que pensa que viveu no Woodstock, pregando amor livre. 
Ou pior, sair rotulando o meu pé na sua bunda como "Cu doce",
A real, é doce mesmo, e não é pro teu bico. 
Amor livre sim, pois bem, LIVRE.
Não querer, faz parte dessa minha liberdade. 
Não querer teu machismo mascarado, teu feminismo radical, ou teu fundamentalismo genérico
"Nojentinha" 
- Nojenta é tua cabeça de asno, tua fala de bicho, teu ar de bosta. 
Nojenta é tua contradição de louco e ditador.
Nojenta é tua bipolaridade de direita e esquerda. Que louco és tu, oh caro?
Esse que prega o amor em prol de transa ? 
Prega amor em troca de favores ?
Esse que julga o comportamento alheio baseado no teu ?
Quando vamos passar a enxergar o outro sem querer que seja um reflexo de nós mesmos ?
Eu tô cansada, tô cansada de vocês que não se afirmam como caretas, 
Mas que na moralina, estão no mesmo seguimento dos caretas de plantão. 
Tô cansada de ir aqui ou ali e não poder me sentir livre, não encontrar sossego
Porque cada ato, ou falta do mesmo, cada gesto pra vocês parece uma afronta.
Pois digo aqui para vocês:
 - EU NÃO SOU A PORRA DO TEU ESPELHO, tenho brilho próprio!
Não faço parte do teu ideal, minhas lamentações...
Eu to aqui pra incomodar, pra morder e retruco mesmo, lidem com isso, ou façam como sempre...
Falem mal pelas costas, fiquem como velhas fofoqueiras cochichando no ouvido
"Aquela nem caga" - Ah, cago sim, e cago na tua cabeça e saio andando.
"Mas que rude, que falta de respeito" 
Exato, total falta de respeito em julgar meus comportamentos que não te afetam,
PORQUE DE FATO NÃO TE AFETAM.
É o meu jeito, é a minha vontade, meu desejo, MINHA VIDA.
Não venha invadindo MEU espaço, porque não invado o teu. 
E parem de caretice, parem com essa caretice sem fim.
Qualquer forma de expressão é poesia, é arte, é dança, é amor. 
Saiba respeitar o espaço do outro, o jeito do outro, pelo bem da sanidade! 
Saiba viver com a diferença, qualquer que seja ela, seus caretas.
E parem de contradizer a ideologia que dizem seguir, porra!
Se olha no teu espelho, pois o meu, eu tenho.


Dedicado aos coleg@s das humanas, beijo!




08 agosto, 2015

-



No ato em cena

Eu era  
                                            alí

Eu era a culpa                            o medo
Eu era aquele lugar                          ocupa

Eu só não assimilava que era eu               
                                        Eu, alí, era eu
Me deixa em paz                                 

     Só

Só vê se traz de volta minha paz






Do Eu


Em agosto...


                   - Desgosto!