07 abril, 2015



Não se vá, não se vá pequena Raposa
A vida não é tão ruim quanto pensa
Não vê que se olhar a fundo enxergará seu paraíso?

Ora, não se apresse jovem Raposa
O verde aqui ainda confunde nossa visão
Não vê que se prestar atenção buscará o que acha ?

Não se vá, pequena Raposa
És tão linda, tão cheia de vida
Não vê que a paz não está em outro lugar ?

Não se vá, só não me deixe aqui sozinho
Não se vá com a luz, não me deixe no escuro
Apressada Raposa, não se perca...

Não se vá, linda Raposa 
Não vá fazer de seus medos, sua prisão
Não vá construir sua casa do outro lado de montanha

Não se vá, linda Raposa
Não vá caçar sozinha longe da floresta
Não pense na paz separadamente 
Não faça do seu lar sua prisão...